Nossa missão

Início de tudo

Com o objetivo de criar um ambiente confortável, acolhedor, divertido, seguro e educativo, onde as crianças pudessem iniciar seu aprendizado e se socializar, foi fundada em 1980 a Creche e Escola Passo a Passo.

Adaptação

Dedicamos toda nossa atenção à adaptação escolar. É um período muito importante para que a criança se sinta segura e tranquila no ambiente escolar, principalmente quando se trata da primeira escola que a criança irá frequentar.

Entrada na Passo a Passo 2 / Adaptação / Anamnese

Agora que você decidiu que é a hora do seu filho entrar na escola, temos que começar com a adaptação. A adaptação escolar é muito importante para que a criança se sinta segura e tranquila no ambiente escolar, principalmente quando se trata da primeira escola que a criança irá frequentar.

 

Este é um momento de transição, onde a criança sai do núcleo familiar para entrar no núcleo escolar, muitas vezes sendo este o primeiro rompimento de vínculo entre mãe e filho.

 

Sem sombra de dúvida, esta situação poderá mexer com a família, sendo de suma importância que a mesma esteja segura quanto à opção da escola que escolheu, pois, só assim, poderá passar calma e tranquilidade à criança. Os pais devem seguir a orientação da instituição de ensino e seus profissionais que são treinados e tem experiência neste processo.

 

A adaptação escolar deve ser gradativa, começando com o número reduzido de horas (2 horas diárias) e aumentando aos poucos, de acordo com a aceitação do aluno. Mesmo sendo a criança desinibida e extrovertida, ou aquela que “vai com todo mundo”, ou vindo de uma outra escola, a adaptação deverá ser feita. No início, é sempre melhor que a criança seja acompanhada por alguém que tenha um vínculo formado (mãe, pai, vovó, babá etc.) para servir de suporte emocional em caso de choro ou insegurança.

 

Aos poucos, vamos afastando a criança gradativamente, para que se forme um vínculo afetivo com a professora.

 

É bastante natural, em um primeiro momento, a criança aceitar muito bem o espaço, brincando e explorando tudo, afinal são muitas novidades! Porém, num segundo momento, quando a criança percebe que o ambiente escolar é um local onde ela brinca sim, mas sem  a presença de alguém de seu convívio habitual, ela pode sentir-se insegura e naturalmente, evitar a ida a escola.

 

Nessas horas, a segurança dos pais é algo de extrema importância. Eles deverão estimular seu filho a ir sim à escola, principalmente sem interromper o período de adaptação, não se esquecendo de frisar que a escola é um lugar legal e divertido, para ela brincar, se divertir, aprender e no final do dia, voltar para sua casa onde reencontrará seus pertences e sua família.

 

Este processo não tem tempo determinado, vai variar de aluno para aluno e de família para família. O importante é que se respeite o tempo de cada criança para que esta se sinta segura e possa passar por este processo de mudança, de maneira natural e positiva.

 

Estamos sempre prontos para conversar, orientar e tirar dúvidas. Lembre-se a parceria família e escola é muito importante, por isso não hesite em nos procurar.

 

Além da adaptação escolar é importante agendar na secretaria da escola uma conversa junto a psicóloga da escola. Esta irá conhecer os pais e conversar sobre a história de vida do aluno, desde o seu nascimento até ele entrar na escola, pontuando aspectos importantes como sono, alimentação, hábitos do cotidiano etc. Esses dados são bastante relevantes para que possamos conhecer um pouco mais sobre a criança que irá começar a frequentar a escola. Dúvidas frequentes dos pais também poderão ser esclarecidas nesta conversa.

 

Sejam muito bem-vindos! Equipe Passo a Passo 2.

Lúdico

Brincar é fundamental para o desenvolvimento da criança. É através dela que a criança desenvolve o seu conhecimento do mundo e é também nela que surgem os primeiros sinais de uma capacidade especificamente humana: a capacidade de imaginar.

A importância do brincar

Nós, educadores da Passo a Passo 2, acreditamos que hoje em dia devido ao grande estímulo das crianças desde muito cedo, elas estão naturalmente, cada vez mais espertas. Isso pode, de certa forma, fazer com que profissionais e pais inexperientes acabem exigindo muito da criança e diminuindo algo que é essencial nesta faixa etária: o brincar.

 

É através do brincar que a criança elabora suas angústias, expressa seus desejos e através da brincadeira direcionada ela também aprende. E é este limiar entre a brincadeira e o estudo, que as escolas de educação infantil devem ficar atentas. Nem somente uma coisa, nem somente outra. Nesta idade, podemos educar com atividades lúdicas, onde a criança aprende com prazer, aprende brincando.

 

Brincar é fundamental para o desenvolvimento da criança. É através dela que a criança desenvolve o seu conhecimento do mundo e é também nela que surgem os primeiros sinais de uma capacidade especificamente humana: a capacidade de imaginar.